domingo, 23 de agosto de 2009

A minha MiMi


Esta é a MiMi, uma Gatinha Persa, que foi encontrada abandonada ou fugida, em muito mau estado debaixo de uma ponte. Decidi adopta-la e à duas semanas que, aos poucos, andamos a tentar conhecermo-nos. Já está mais gordinha e com o pêlo mais brilhante e macio!
Infelizmente, parece-me que a sua barriguinha me trouce uma surpresa, e digo infelizmente porque tenho uma casa muito pequena e pouco acolhedora para ter muitos animais com as condições a que cada ser vivo tem direito. Por isso vos deixo um desafio ou um pedido, se quiserem adoptár um destes amigos meravilhosos e meigos podem deixar um comentário ou entrar em contacto comigo.

Assim que nasçam publicarei as fotos dos seus bébés, e aguardo anciosa pela sua familia adoptiva.

É muito gratificante ajudar e sentirmo-nos amados com a troca de carinhos e mimos, uma espera à porta ao final de um dia de trabalho.

São muito inteligentes, meigos e limpos!

Ajudem a ajudar e vão ver que não se arrependem!!!


Obrigada pela vossa colaboração, compreeção e ajuda.

Sandra Carvalho

12 comentários:

MiaBiju disse...

Que miminho que aí tens...Espero que encontrem lar para todos eles.
Beijinho grande, grande.

Ana Rodrigues disse...

Olá!
Desculpa a brincadeira... mas tiveste direito a brindes!
Eles são queridos demais... mas mais do que um...ñ é nada fácil...
Se falares c/ os veterinários... costumam ter nas clinicas uns "placares" p/ esse tipo de adopções... ou então nas lojas ao teu redor... de alguma confiança... podem sempre te deixar colocar um aviso...
Bjs e boa semana

Anita disse...

Olá! A Mimi é linda e adorava ter um igual a ela, mas a minha mãe não se dá muito bem com gatos :(
Vou ver se conheço alguém que queira gatinhos...
Beijocas

papoila disse...

olá...
Parece bem claro... pk abandonaram esse animal...

Este ano já adoptei o moises... e parece que vou ter de adoptar um outro gatinho que la apareceu...

Para alem do bali (gato de estimação).

Força para ti e para os teus novos amiguinhos

Vera disse...

Que fofa é a Mimi!
Espero que consigas arranjar um lar para todos eles!muita sorte!
beijinhos
Vera

petlover disse...

Ola!Descubri o seu mail a pedido da minha irma do atelier arco iris,pois sabe que adoro incondicionalmente os animais e tudo faço para ajudar.Se quiser ajuda,por favor contacte-me.
Teresa_mlc@hotmail.com

Teresa Caixeirinho

Sara disse...

Oi.
Quando nascerem manda-me fotos.
Acho que te consigo ajudar com as adopções e quem sabe não fico com um gatinho para mim também...já tenho 2 mas são sempre bem vindos!!!

bijuxforyou@gmail.com

Beijinho grande,
Sara

carmen disse...

Que bom que você adotou a Mimi, que é uma ex-gata "maltratralha"...rsrsrs

Mas ela ganhou um lar e vou torcer para você conseguir um lar para cada gatinho, afinal, já tenho 4 cães, todos abandonados e a minha gata morreu, mas moro do outro lado do Oceano Atlântico e o desafio maior é a distância...
eh! eh! eh!

Bjs

Miminho do bebé disse...

Que desafio!pelo meu filho mais velho ficava com um, mas para além da distancia, ja tenho 11 peixes o maior ja tem cerca de um palmo de tamanho"comem bem" e claro a Cuca(boxer) e a Lucy(porquinho da india)para além do casal de merlos no quintal ufff algo me diz que aqui gato não encaixa.

bjs

GRAÇA disse...

Olá!
Eu também tenho uma gatinha,mas aminha veio com 2meses cá para casa,são ums amores!!!
Vou voltar para saber noticias,vai correr tudo bem....
Boa semana.
Graça

Salomé Letras disse...

Já falaste com um veterinário sobre o melhor a fazer com esses bebés? algumas pessoas de associações e não só, esterilizam as gatas, mediante avaliação do médico veterinário, com os bebés dentro da barriga de modo a que não nasçam. Não existe sofrimento para eles nem para a mãe. A mim custa-me pessoalmente receber centenas de apelos de cães e gatos, bebés, adultos, velhos, a sofrerem por vir ao mundo. Há tantos bebés a precisar de dono e cada vez é mais difícil encontrar donos para toda a vida! Está nas nossas mãos controlar a população dos animais.
qualquer das formas irei divulgar o pedido.

Salomé Letras disse...

Já falaste com um veterinário sobre o melhor a fazer com esses bebés? algumas pessoas de associações e não só, esterilizam as gatas, mediante avaliação do médico veterinário, com os bebés dentro da barriga de modo a que não nasçam. Não existe sofrimento para eles nem para a mãe. A mim custa-me pessoalmente receber centenas de apelos de cães e gatos, bebés, adultos, velhos, a sofrerem por vir ao mundo. Há tantos bebés a precisar de dono e cada vez é mais difícil encontrar donos para toda a vida! Está nas nossas mãos controlar a população dos animais.
qualquer das formas irei divulgar o pedido.